Você se pergunta quais as causas da queda de cabelo? Saiba que até um certo limite, este é um processo normal pelo qual todos nós passamos para a renovação dos fios, deixando-os mais forte e resistentes.

Entretanto, é importante ressaltar que existe um nível de perda diária de fios considerado normal para todos, que é de aproximadamente 50 a 100 folículos capilares.

Porém, se você já operou pode estar passando ou ter passado por algo que você não esperava, uma queda de cabelo significativa e isso muitas vezes é assustador.

Se ainda não operou, é algo que precisa saber para estar preparada(o), ok?

Então, se você quer saber mais sobre as causas da queda de cabelo, por que acontece e como tratar, continue lendo esse texto e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

Mas afinal, quais as causas da queda de cabelo após a cirurgia bariátrica?

Muita gente não sabe, mas é extremamente comum passar por um período onde há um aumento da queda de cabelo, ele ocorre cerca de três ou quatro meses após algum tipo de evento corporal significativo.

Como é o caso de um parto, uma doença, um choque emocional ou uma cirurgia de redução do estômago.

Essa reação é uma resposta natural do corpo em decorrência de todo o “trauma” vivido recentemente, ou seja, o estresse, excesso de medicamentos, mudanças hormonais e coisas desse tipo.

Cada vez mais o estado de saúde em geral e também os fatores nutricionais são associados à um cabelo saudável.

Ou seja, para que seu cabelo aparente lindo é preciso que tudo no seu corpo esteja em ordem e funcionando corretamente, uma coisa está diretamente ligada a outra.

Portanto, quando estamos falando de pacientes que passaram pela cirurgia bariátrica, devemos prestar atenção em vários fatores que podem ser as causas da queda de cabelo.

Neste caso, as principais causas da queda de cabelo identificadas em pós operados, são a falta de proteínas e vitaminas.

Isso ocorre por que o consumo de alimentos passa a ser significativamente menor, devido ao tamanho reduzido das porções e até mesmo, algumas pessoas passam a ter intolerância a alguns tipos de alimentos.

Sem contar que nos casos da técnica de cirurgia bypass o corpo passa a absorver menos todos os nutrientes, que normalmente viriam através da alimentação saudável.

Outro ponto a ressaltar é que a perda muito rápida de peso também é um grande fator entre as causas da queda de cabelo, pois o corpo pode interpretar esse emagrecimento também como um trauma físico.

Gerando, assim, um efeito “negativo” no organismo, fazendo com que ele economize seus esforços na produção de proteínas, bem como reserve seus estoques de zinco e outros nutrientes, que são fundamentais para a manutenção e crescimento dos cabelos.

Apesar da rápida perda de peso provocar um sentimento incentivador, gerar reações positivas e ter o poder de elevar sua auto-estima, o corpo em si passa por um estresse considerável, gerando algumas inconveniências.

Principalmente durante o período inicial após a cirurgia bariátrica (em média até 8 meses após a operação), o que pede que você tenha atenção redobrada aos sinais de desgaste que ele eventualmente poderá te mostrar.

Seu cabelo está caindo muito?

Atente as principais causas da queda de cabelo após a cirurgia bariátrica

proteinas-cirurgia-bariatricaFalta de PROTEÍNA

A proteína é o componente mais importante da composição do córtex do cabelo e é responsável tanto pela cor quanto pela forma e resistência dos fios.

Lá elas se agrupam em hastes de queratina e são fundamentais para evitar tanto o aparecimento de pontas duplas quanto a queda de cabelo.

Justamente por isso, uma das causas de queda de cabelo mais considerável após a cirurgia bariátrica é a falta de proteína.

Pois sem ela o organismo não fornece a estrutura necessária para que o fio cresça forte e possa se desenvolver com resistência.

Se a sua ingestão de proteína não está sendo suficiente e sua dieta não está adequada, seu corpo pode racionar a quantidade de proteína que seu cabelo recebe, causando a queda.

Isso pode acontecer em média após 2 ou 3 meses da deficiência de proteína.

O que fazer nesse caso?

Existem diversas fontes de proteína, incluindo peixe, carne e ovos. Além de produtos de origem vegetal como leguminosas (feijão, lentilha, soja, grão de bico), fora as nozes e sementes.

Tente incluir esses alimentos mais vezes ao dia na sua dieta ou até mesmo faça suplementação de proteína.


causas da queda de cabelo
Falta de Ferro (Anemia)

A cada 10 mulheres, pelo menos uma, entre os seus 20 a 50 anos sofrem de anemia devido a deficiência de ferro no organismo e essa é uma causa comum da queda de cabelo.

A melhor forma de identificar esse problema é através de um exame de sangue que dosará os seus níveis de ferro e poderá identificar qual é o tipo de anemia, caso você sofra desse problema.

O que fazer nesse caso?

Se essa for a principal causa da sua queda de cabelo, o uso de um suplemento de ferro pode corrigir o problema, porém é importante alertar que a falta de ferro causa outras reações muitas vezes mais sérias e pode ser perigoso a saúde.

Se você está pálida(o), tem dores de cabeça, tonturas, sente-se muito cansada(o) e com fadiga, suas mãos e pés vivem geladas, é importante que você investigue o quanto antes os níveis de ferro em seu corpo.

 Falta de Vitamina B-12

A vitamina B-12, também chamada de cobalamina, faz parte do Complexo B Diferentes e ela é necessária em diferentes partes do corpo, incluindo o fígado, olhos, pele e cabelo.

A vitamina B -12 é extremamente importante para a produção de novos fios de cabelo e a deficiência dessa vitamina pode fazer com que o cabelo para de crescer e também fazê-lo cair.

O que fazer nesse caso?

A suplementação é o melhor caminho. As principais formas de ingestão dessa vitamina é através de injeção ou medicamento sublingual.

Além disso, é possível encontrar vitamina B-12 em peixes, carnes, vegetais fibrosos e em frutas não cítricas, então prefira esses alimentos em suas refeições. 

Excesso de Vitamina A

A vitamina A é lipossolúvel, ou seja, ela não consegue ser diluída em água (apenas em gordura), o que significa que em caso de excesso, o organismo não consegue eliminá-la, causando um acúmulo e provocando efeitos colaterais.

O excesso de vitamina A contido em suplementos e medicações pode piorar a queda de cabelo, de acordo com a Academia Americana de Dermatologia – AAD.

A quantidade diária recomendada para vitamina A é 5,000 Unidades Internacionais (IU), sendo que em média, os suplementos contém de 2,500 a 10,000 IU.

É comum ver na internet indicações para se adicionar a vitamina A no shampoo (Shampoo Bomba), utilizando por exemplo, o suplemento Monovin A.

Porém, isso pode ocasionar um excesso dessa vitamina em seu couro cabelo, assim, o tiro acaba saindo pela culatra e ao invés de estimular o crescimento e fortalecimentos dos cabelo, o uso desse produto acabará por aumentar a queda, ao invés de diminuir.

O que fazer nesse caso?

Esse problema é reversível, ou seja, basta diminuir a ingestão/aplicação de vitamina A e assim que o excesso for consumido pelo organismo, se esse for o problema, o cabelo irá parar de cair consideravelmente.

E  agora, qual o próximo passo e o que você deve fazer?

Ao ler esse texto, você pode conhecer as principais causas da queda de cabelo após a cirurgia bariátrica e existem sim algumas alternativas para melhorar significativamente o problema.

Você deve seguir alguns passos e dar a devida atenção e seriedade para tratar essa questão:

  1. Visite seu médico e faça exames para medir os níveis das vitaminas em seu corpo.
  2. Preste bastante atenção na sua alimentação e na quantidade de proteínas que você tem ingerido diariamente, entenda mais sobre isso nesse texto aqui.
  3. Leia esse texto sobre suplementos alimentares e medicamentos para te dar um direcionamento do que seu médico poderá indicar para o seu tratamento.
  4. É importantíssimo que você cuide de seus fios com ainda mais disciplina e carinho, então leia aqui como fazer o cronograma capilar para melhorar o aspecto geral dos seus cabelos e reduzir a queda.

Por fim é importante dizer que, em alguns casos, a queda de cabelo após a cirurgia bariátrica é temporária e se resolve de forma natural pelo próprio organismo.

Não sendo necessário recorrer a tratamentos extras (além da ingestão de vitaminas recomendadas após a cirurgia).

Entretanto o que pode acontecer é que apenas essa suplementação vitamínica não seja suficiente, sendo necessária então uma intervenção e a recomendação de um tratamento específico continuado por tempo indefinido.

Os médicos especialistas mais indicados para acompanhar e tratar os problemas relacionados as causas da queda de cabelo são o Nutricionista e Dermatologista.

O melhor é estar atento e prestando atenção aos processos pelos quais o cabelo passa e entender que as causas da queda de cabelo são indicadores e que é preciso estar sempre atento e recorrendo a uma opinião profissional quando necessário.

Espero ter ajudado.

Até a próxima!