Qual a importância da dieta low carb após a cirurgia bariátrica?

Saiba por que a dieta low carb é indicada após a bariátrica e tire suas dúvidas sobre o assunto.

Um dos principais pilares para evitar o reganho de peso após a bariátrica é a reeducação alimentar. Para manter-se no peso ideal, focar em uma alimentação saudável é de extrema importância após a cirurgia e a dieta low carb pós bariátrica pode te ajudar muito nesse processo!


Cerca de 50% das pessoas sofrem com o reganho de peso pós-bariátrica, perdendo o sucesso com os resultados da cirurgia. 

Por isso é importante ter sempre em mente que a cirurgia bariátrica funciona apenas como um “empurrãozinho” para que a gente mude os nossos hábitos de vida – e não deve ser considerada como um milagre.

E aí, vamos entender mais sobre como funciona e low carb pós bariátrica? Vem comigo e continua essa leitura que vou te explicar!


O que é a dieta low carb?


As dietas low carb caíram no gosto da população e ficaram muito famosas nos últimos anos – mas nem todo mundo sabe qual é o real significado e os benefícios desse tipo de dieta.

Com foco na redução da ingestão diária de carboidratos, as dietas low carb priorizam o consumo de proteínas para levar ao emagrecimento saudável.

Mesmo em uma dieta low carb, não devemos abolir totalmente a quantidade de carboidratos ingeridos. Assim, o segredo da dieta está em ingerir aqueles carboidratos que liberam pouco açúcar (glicose) no sangue – considerados com baixo índice glicêmico.

O grande benefício disso é que dessa forma nós mantemos os níveis sanguíneos sempre bem controlados e evitamos o aumento de peso.



Como funciona a dieta low carb?


Agora que já entendemos que a dieta low carb evita o consumo de carboidratos com alto índice glicêmico e prioriza a ingestão de proteínas e baixo nível de gorduras, vamos entender como funciona a dieta conferindo a lista de alimentos permitidos.


Alimentos permitidos:

Frutas

Evitar aquelas que são ricas em frutose (um tipo de açúcar), dando preferência para: abacate, melão, pêssego e morango.

Verduras e Legumes

A maioria das versões de legumes e verduras estão liberadas, sobretudo: abobrinha, alface, alho poró, berinjela, brócolis, cebola, chuchu, couve, couve flor, espinafre, pepino e pimentão.

Bebidas

Tomar muita água, chás (principalmente termogênicos) e cafés (com versões sem complementos muito calóricos – como chantillys).

Gorduras

Dar preferência para versões mais saudáveis, como: abacate, oleaginosas, azeite natural, manteiga e óleo de coco.

Proteínas

- Carnes: preferir versões mais magras e saudáveis – aves sem pele, alcatra, filé mignon, salmão e patinho.

- Ovos: sem acompanhamentos gordurosos.

- Leite desnatado e outros derivados (como iogurte natural).

Sementes

São muito recomendadas, incluindo o consumo de girassol, chia, linhaça e gergelim.


Um cuidado especial deve ser tomado com: batata doce, feijão, arroz integral e lentilha.  

Já a lista de alimentos proibidos incluem: alimentos com gorduras trans, arroz e macarrão branco, bolachas, bolos, comidas congeladas, fast foods, margarina, salgadinhos, sorvetes e tapioca.


Está se animando para começar a dieta low carb? Para facilitar ainda mais, dê uma olhadinha nessa lista de compras low carb!


O segredo aqui está na dica: “Descasque mais e Desembale menos”. Ao preferir alimentos naturais ao invés dos industrializados e buscando evitar comidas com adição de conservantes e química, você garante uma melhor nutrição do seu corpo.

 


Por que a dieta low carb emagrece?


O principal motivo que faz com que a low carb seja tão famosa é o fato de que ela realmente promove emagrecimento.
Mas por que ela emagrece, afinal?

A questão é que, quando ingerimos um carboidrato, liberamos glicose em nossa corrente sanguínea. Quando os níveis de glicose estão mais altos, o corpo não libera o hormônio glucagon – que quebra nossas células de gordura.

Isso significa que quando consumimos carboidratos com alto índice de glicose, não queimamos nossas gordurinhas – e, consequentemente, não emagrecemos.


Outro benefício incrível da low carb é que se feita corretamente, ela diminui muito sua fome. Sabe aquela vontade de beliscar toda hora? Ela vai embora! Você se sente tão saciada, que não tem vontade de ficar comendo besteiras.


Isso sem contar naquele cansaço que temos depois de comer. Eu não sei você, mas dependendo do que eu como, eu tenho um sono da morte! É um desânimo que parece não ter fim e isso impede que você tenha um dia produtivo, pode atrapalhar seu trabalho e tudo mais. Fazendo a dieta low carb você não vai sentir tanto sono e isso é excelente!

A solução para esses problemas é fazer exatamente o que a low carb propõe: consumir carboidratos com baixo índice glicêmico, ou seja, que liberam poucas quantidades de glicose.

Assim, além desses benefícios, estimulamos a liberação de glucagon e queimamos nosso próprio estoque de gordura, levando à perda de peso. Maravilhoso, não é mesmo?



Por que a dieta low carb é ideal após a cirurgia bariátrica?


Quem se submete a uma cirurgia bariátrica deve manter uma dieta com baixo teor de carboidratos e gorduras, priorizando o consumo proteico.

Como a low carb foca na redução da ingestão de carboidratos, ela é uma excelente opção de dieta após a cirurgia de redução de estômago, permitindo manter os resultados a longo prazo e com saúde.

Para conferir todas as vantagens em adotar uma dieta low carb após a bariátrica, não deixe de conferir os próximos tópicos!



Benefícios da low carb pós-bariátrica


Então quer dizer que as dietas low carb só são benéficas para o emagrecimento?

Nada disso!


Como benefícios desse tipo de dieta, podemos citar:


  • Prevenção do diabetes

Em pacientes obesos que já possuem predisposição para outras doenças relacionadas (sobretudo o diabetes), a low carb é uma boa pedida para reduzir complicações de saúde.

O principal motivo é que a dieta é capaz de prevenir o diabetes, minimizando os problemas com a resistência à insulina.


  • Estímulo para a saciedade

Uma outra vantagem é que o consumo de proteínas estimula a saciedade, fazendo com que o paciente tenha mais facilidade para lidar com esse assunto complicado – principalmente após a cirurgia de redução do estômago.

Por esse motivo, é importante seguir com as recomendações do prato bariátrico – que envolvem consumir 50% de proteínas e apenas 20% de carboidratos. Assim, é possível reduzir o apetite e manter os resultados após a cirurgia.

Entenda mais sobre as recomendações para o prato bariátrico aqui!


  • Melhora os níveis de colesterol bom

Além de ser benéfica para o diabetes e para a redução do peso, a adoção de uma dieta low carb reduz os problemas relacionados com o colesterol, estimulando o aumento do HDL – o famoso colesterol bom.

Essa ação previne doenças cardíacas e aumenta ainda mais a saúde de pacientes que passaram por uma bariátrica – o que é essencial para os que sofrem ou sofreram com cardiopatias associadas à obesidade.

E para somar ainda mais pontos positivos, os níveis de triglicerídeos sanguíneos também são melhorados, beneficiando todo o organismo!


Considerações finais


Agora que você entendeu como funciona a dieta low carb e conferiu como ela pode ser benéfica após uma cirurgia bariátrica, que tal aproveitar para manter sua reeducação alimentar em dia de maneira totalmente saudável?

Não esqueça de conversar com seu nutricionista e seguir um plano de alimentação adequado para você, colocando sempre a saúde e o bem estar em primeiro lugar!

O que achou do conteúdo de hoje sobre dieta low carb após bariátrica? Deixe sua opinião nos comentários, estamos ansiosos para saber sua opinião!