CONHEÇA EM DETALHES A DIETA PÓS CIRURGIA BARIÁTRICA SLEEVE

A Cirurgia Bariátrica Sleeve (sleeve gástrico) tem se tornado rapidamente um dos métodos preferido de cirurgia bariátrica.

O grande motivo é devido a sua rápida recuperação, aos seus resultados impressionantes e os baixos riscos, inclusive a longo prazo.

Estudos mostram que menos de 1% de complicações sérias ocorrem nos primeiros 30 dias após o sleeve gástrico, além de indicar que há menor deficiência nutricional quando comparada ao bypass gástrico ou outras técnicas.

A IMPORTÂNCIA DA DIETA PRÉ BARIÁTRICA

O seu estômago fica localizado a esquerda do seu fígado. Para poder ter acesso ao seu estômago, em alguns casos, se faz necessário que seu cirurgião utilize um aparelho afastador, chamado retrator de fígado.

Esse aparelho levanta o seu fígado e permite o acesso para que seu cirurgião possa operar o seu estômago com segurança, sem que o fígado atrapalhe ou seja comprometido.

Esteatose no Fígado

Você provavelmente não sabe, mas você deve ter esteatose hepática. Acredite, se você é obesa(o) e não tem gordura no figado, você tem sorte.

Esteatose hepática é quando as células de gordura se acumulam em volta do seu fígado, fazendo com que seu funcionamento seja prejudicado.

Liver condition

FÍGADO SAUDÁVEL X FÍGADO COM ESTEATOSE (GORDO)

A grande questão aqui, é que essa condição também aumenta o tamanho do seu fígado, portanto, ele fica maior do que o normal.

Quanto maior for seu fígado, maior é a dificuldade ao se realizar a cirurgia bariátrica sleeve e o risco de complicações também pode aumentar por conta disso.

Existem situações onde o fígado está tão aumentado que o cirurgião bariátrico decide não fazer a cirurgia devido ao alto risco.

Em algumas ocasiões, uma cirurgia que seria realizada por videolaparoscopia (pequenos furinhos), acaba por tornar-se uma laparotomia (cirurgia aberta com um corte maior).

Em casos extremos, a equipe médica pode optar por apenas fechar o corte e cancela a cirurgia para segurança do paciente.

Com isso em mente, acho que você entendeu a importância de se seguir uma dieta antes da cirurgia bariátrica.

Cada equipe médica adota um protocolo para essa dieta pré cirurgia, mas de modo geral ela é realizada durante as 2 semanas anteriores a data da cirurgia.

 

2 SEMANAS ANTES DA CIRURGIA BARIÁTRICA SLEEVE

Bem, assim ficou respondida a pergunta: por que você deve seguir uma dieta restritiva antes da cirurgia bariátrica sleeve, certo?

Se você está a cima do peso, isso significa que seu fígado não está saudável e nem do tamanho correto.

Então o que deve ser feito é garantir que você se comprometa ao máximo em perder peso antes da cirugia, o que por si só, acabará por reduzir o tamanho do seu fígado.

Com isso o risco é bem menor durante a cirurgia, além disso esse é um bom teste para saber como está o seu psicológico e se você está preparada(o) para seguir a rigorosa dieta pós cirurgica.

 

Dieta Pré Cirurgia Bariátrica Sleeve – o que você precisa saber

O ideal é que você siga as orientações passadas pela sua equipe médica para a sua dieta pré cirurgia. Vamos resumir aqui as recomendações mais comuns de serem indicadas pelas equipes médicas.

Lembrando apenas, que o conteúdo abaixo tem caráter apenas informativo, ou seja, a palavra final a ser respeitada e seguida deve ser SEMPRE a da sua equipe médica.

Os profissionais indicados para te acompanhar durante o pré e pós operatório são: a(o) nutricionista, a(o) cirurgia(ão) bariátrica(o) e a(o) endocrinologista.

Regras gerais a serem seguidas:

  • Aumente a sua ingestão de proteínas
    • Coma mais porções de carnes magras, peixes magros e frango sem pele.
  • Reduza o seu consumo de carboidratos (principalmente os contendo farinha branca)
    • Evite pães, massas, cereais açucarados, arroz branco, etc.
  • Corte o açúcar
    • Elimine doces, sobremesas, sucos, refrigerantes, etc.
  • Reduza o consumo de sal (sódio)
    • Evite completamente temperos prontos e diminua a adição de sal de cozinha na preparação dos alimentos.

 

Cardápio da dieta pré cirurgia bariátrica sleeve

Uma ótima ideia é porcionar a sua alimentação e divida-la em até 6 refeições menores ao longo do dia, assim você come menos, se sente mais saciada(o) e acelera o seu metabolismo.

Vamos ver uma sugestão de cardápio básico:

  • Café da Manhã
    • Shake de proteína – compre um suplemento de proteína em pó para te ajudar a aumentar seu consumo proteico.
    • O suplemento de proteína deverá ser low carb, ou seja, com baixo teor de carboidratos e sem açúcar.
  • Almoço
    • Salada, legumes e carne/peixe/frango magro.
  • Jantar
    • Salada, legumes e carne/peixe/frango magro.
  • Lanches
    • O lanche entre as refeições deve conter alimentos saudáveis, com baixo teor de carboidratos e bastante proteína.
    • Nozes, frutas vermelhas, legumes, saladas, frutas pouco calóricas, etc.
  • Líquidos
    • Mantenha-se hidratada(o). Isso irá ajudar a reduzir a fome e a limpar seus rins.
    • Beba no mínimo 2 litros de água nesses dias.
    • Você pode beber qualquer tipo de líquido desde que não contenha açúcar e nem calorias.
    • O ideal seria evitar as bebidas gasosas por conta do desconforto e gases.

Lembre-se, é indispensável que você siga corretamente a dieta pré operatória para cirurgia bariátrica. Esse pouco tempo tem o poder de reduzir o tamanho do seu fígado, melhorar sua pressão arterial e facilita sua cirurgia, diminuindo consideravelmente os risco de complicações.

Isso é uma garantia ainda maior de uma recuperação mais rápida e com sucesso. Afinal, é isso que queremos, não é mesmo?

 

2 DIAS ANTES DA CIRURGIA

A maioria dos cirurgiões recomenda que você não consuma nos dois dias anteriores a cirurgia o seguinte:

  • Bebidas gaseificadas
  • Cafeína
  • Alguns tipos de medicamentos (por exemplo, os que afinam o sangue)

Além disso, é provável que seja solicitado que você entre em dieta líquida restrita por dois dias. Isso vai reduzir as toxinas no seu corpo e limpar o seu estômago e principalmente seu intestino.

Você pode consumir, de modo geral, caldos, gelatina diet, picolés diet, água e shakes de proteína. Novamente, aqui mais uma vez é fundamental seguir as instruções da sua equipe médica.

E, óh, não desanima não e fique firme, você está quase lá!

 

DIETA PÓS CIRURGIA BARIÁTRICA SLEEVE

Você conseguiu! Passou pela cirurgia e está começando uma nova vida mais saudável.

Pode ser que você esteja pensando que daqui para frente as coisas serão mais fáceis. Sinto lhe informar, mas a parte mais difícil está apenas começando.

Neste momento é a hora de levar a dieta ainda mais a sério. Talvez você tenha trapaceado em algum momento na sua dieta pré operatória, mas agora, é sua vida que está em jogo.

Não tem escapatória. Embora a dieta pré operatória tenha sido importante para reduzir o risco de complicações cirúrgicas, a dieta das próximas 1 a 4 semanas ajudará a prevenir complicações pós-cirúrgicas.

Durante as primeiras semanas após a cirurgia, é comum sentir irritabilidade, fraqueza e pode ser que você sinta uma sensação de arrependimento de ter feito a sua cirurgia.

Apesar de parecer bem extrema, a dieta prescrita pela(o) nutricionista/cirurgião bariátrico deve ser seguida de forma regrada.

É indispensável que você siga passo a passo cada uma das diretrizes passadas pela sua equipe médica.

Burlar a dieta pós-operatória pode causar diarreia, desidratação, constipação, obstrução intestinal ou um vazamento gástrico muito grave.

Ou seja, você pode prejudicar seriamente sua saúde ou até mesmo correr o risco de ter problemas complexos, que podem colocar sua vida em risco.

Abaixo está uma dieta típica após a cirurgia bariátrica sleeve para as semanas 1 a 4. Lembrando apenas que o período em cada fase pode variar caso a caso e de acordo com o protocolo utilizado pela sua equipe médica.

dieta pós cirurgia bariátrica sleeve

 

DIETA LÍQUIDA RESTRITA

DIETA LÍQUIDA DA PRIMEIRA SEMANA APÓS BARIÁTRICA SLEEVE

Na primeira semana você ficará limitada(o) a ingestão de líquidos. Isso parece desafiador e para ser bem sincera, é consideravelmente difícil sim. Porém, muitos operados relatam sentirem menos vontade de comer nesse período.

Isso acontece por conta da diminuição de um hormônio chamado grelina, é ele que controla a fome e sua taxa fica bem reduzida após a cirurgia, pois a parte do estômago que produz a maior parte da grelina é removido durante a cirurgia.

Lista de alimentos permitidos:

  • Água;
  • Água de coco;
  • Caldo de legumes, carne ou frango (preferencialmente caseiro e duplamente coado);
  • Gelatina sem açúcar (diet);
  • Chá descafeinado (preferencialmente os claros como camomila, erva doce, hortelã);
  • Café descafeinado (bem fraco);
  • Picolé sem açúcar (diet);
  • Gatorade (alguns médicos permitem por serem isotônicos e outros não).

Dica: Garanta que todos os líquidos sejam sem açúcar, isso é de extrema importância.

Lista de alimentos a serem evitados:

  • Qualquer tipo de alimento que não seja líquido e coado;
  • Qualquer tipo de bebida gasosa;
  • Qualquer tipo de bebida que contenha açúcar;
  • Qualquer tipo de bebida que contenha cafeína;
  • Excesso de sal (sódio);
  • Temperos prontos.
  • Evite qualquer tipo de pimenta.

 

DIETA LÍQUIDA COMPLETA COM PROTEÍNA

Na segunda semana você poderá começar a sentir um pouco de fome. Mantenha-se firme e continue seguindo a dieta prescrita pelo seu médico.

Aqui é permitido que você continue consumindo tudo que já estava comendo na primeira semana e em geral, estão liberados os alimentos abaixo:

  • Suplemento de proteína em pó batido com qualquer líquido sem gás e sem açúcar;
  • Pudim em pó diet (aquele que vem na caixinha tipo gelatina);
  • Sopas ralas (batidas no liquidificador e coadas em peneira);
  • Iogurte desnatado zero gordura (sem adição de açúcar);
  • Suco de frutas diluídos em água (sem adição de açúcar);
  • Sorvete zero gordura e zero açúcar.

Lista de alimentos a serem evitados:

  • Sucos em pó;
  • Sucos de frutas ácidas como maracujá, laranja, abacaxi e limão.

Dica 1: Você poderá utilizar adoçantes.

Dica 2: Caso você tenha problemas para tomar o leite ou iogurte desnatado, você pode tentar opções sem lactose.

 

DIETA PASTOSA

A terceira semana pós cirurgia bariátrica sleeve é desafiadora, isso por quê você já deverá estar se sentindo um pouco enjoada(o) da mesma comida, com um certo tédio e desejo de mastigar alguma coisa.

A boa notícia é que você poderá começar a comer alimentos pastosos, em forma de purê e textura de papinha de neném. Ainda assim, você precisará ser cuidadosa(o) com a ingestão de açúcar e gordura.

Importante:

  • Continue tentando consumir em média 60 gramas de proteína por dia.
  • Coma bem lentamente (uma refeição deve demorar no mínimo 30 minutos).
  • Introduza novos alimentos um por um para testar sua aceitação a eles.

Você pode notar que a comida após a cirurgia tem um gosto diferente do que costumava ter. Isso é perfeitamente normal e esperado.

Muitos operados relatam terem mudança de paladar após a cirurgia, começando a gostar de alimentos que antes não suportavam e deixando de gostar de outros tipos de alimentos.

Seu corpo precisará de tempo para se acostumar novamente com cada tipo de alimento. Você pode comer coisas que sejam indigestas no começo e a melhor forma de se adaptar é introduzindo lentamente novos alimentos.

Dessa forma, você conseguirá identificar quais alimentos irão te causar gases, dores de estômago, enjoo, diarreia ou constipação intestinal.

Quer saber o que você irá poder comer? Então vamos lá.

Os alimentos abaixo normalmente estão liberados para a 3° semana pós cirurgia bariátrica sleeve:

  • 1 shake de proteína por dia (batido com leite ou iogurte desnatado);
  • Leite de soja (ótima fonte de proteína);
  • Pasta de grão de bico (Hummus);
  • Queijo cottage (devido ao seu baixo teor de gordura);
  • Vegetais macios (cozinhe na água ou no vapor até ficarem bem moles);
  • Queijo do tipo polenguinho light;
  • Frango ou carne bem desfiados (ensopados ou cozidos);
  • Peixe sem espinhos (ensopado ou cozido no vapor);
  • Sopas com legumes amassados;
  • Ovos mexidos – são uma ótima fonte de proteína;
  • Atum enlatado em água (sem óleo) – excelente fonte de proteína;
  • Frutas macias amassadas como banana e abacate.

Você deve evitar as comidas abaixo:

  • Alimentos gordurosos;
  • Açúcar refinado e variáveis (demerara, mascavo, cristal);
  • Alimentos ricos em amido como macarrão, arroz, massas e pães;
  • Folhas e vegetais fibrosos como brócolis, couve-flor, salsão, aspargos e folhas verdes.

 

DIETA SÓLIDA (INTRODUZINDO COMIDA, FINALMENTE!)

Já estamos na 4° semana, olha que vitória. Você seguiu tudo direitinho até aqui, então é hora de começar a incluir alimentos sólidos. (Uhullll! :D)

Atenção, o seu estômago ainda estará sensível. Então nada de ir “com muita sede ao pote”. Lembre-se de fazer longas refeições, com cerca de 30 a 40 minutos e mastigar muito, mas muito bem mesmo, cada garfada.

Apesar de você não estar mais na dieta pastosa, é bacana que você continue optando por alimentos com consistência mais mole durante essa semana.

Regras gerais da 4° semana:

  • Continue tomando diariamente seu suplemento de proteínas;
  • Introduza lentamente frango e carne em pedaços (mastigue MUITO, mas MUITO bem);
  • Peixes sem espinhos;
  • Frutas;
  • Vegetais (preferencialmente cozidos);
  • Batata inglesa e batata doce cozidas e amassadas (pequenas porções);
  • Uma xícara de café por dia.

Você deve evitar os alimentos abaixo na 4 semana:

  • Refrigerantes;
  • Frituras;
  • Folhas e vegetais crus;
  • Vegetais fibrosos (ex: salsão e aspargo)
  • Frutas naturais com casca e/ou bagaço;
  • Bebidas com açúcar;
  • Doces e sobremesas em geral;
  • Leite e iogurte integral;
  • Oleaginosas (castanhas e nozes);
  • Massas, pizzas e comidas gordurosas e calóricas.

 

LANCHES SAUDÁVEIS

O recomendado é que você faça 3 principais refeições ao longo do dia, são elas café da manhã, almoço e jantar.

Lembre-se de se manter hidratada(o) ao longo do dia. Ainda assim, você pode sentir fome ao longo do dia e precisar de um lanchinho entre as refeições.

Vamos ver algumas idéias de lanches simples e nutritivos:

  • Frango desfiado com molho de tomate caseiro;
  • Peixe cozido, assado ou enlatado sem óleo (atum);
  • Ovos cozidos ou fritos em água;
  • Cenoura, chuchu e outros vegetais bem cozidos;
  • Batata doce ou inglesa assada ou cozida sem casca;
  • Queijos com baixo teor de gordura;
  • Iogurte desnatado e sem açúcar;
  • Patê de grão de bico (Hummus);
  • Banana amassada;
  • Frutas sem semente, bagaço ou casca.

Aqui é bacana ser criativa(o) e lembrar que as porções devem ser bem reduzidas. Dê preferência para comer primeiro a proteína antes do resto dos alimentos.

Dica: Se você for passar períodos longos fora de casa, o pulo do gato é comprar uma bolsa térmica e levar com você as suas refeições.
Isso ajuda muito a te manter focada(o) e evita que você passe mal com alimentos comprados na rua. Não se esqueça de colocar a sua garrafinha de água, combinado?

 

5¨ SEMANA E PARA O RESTO DA VIDA

CONSUMA ALIMENTOS NUTRITIVOS APÓS A CIRURGIA

Da quinta semana em diante, continue testando diferentes alimentos para ver como o seu corpo reage. Preste atenção se você está com o intestino preso ou tendo diarreia ou até mesmo sentindo desconfortos no estômago.

Seu paladar vai se adaptando por alguns meses após a cirurgia, então você deve continuar provando diferentes alimentos (saudáveis, né? rs).

Agora você irá precisar manter os novos hábitos saudáveis que adquiriu após a cirurgia. Não existem fórmulas mágicas e nem milagre.

O que vai contar daqui pra frente é seu comprometimento e esforço.

Vamos ver as principais orientações para o seu dia a dia:

  • Coma pelo menos 3 refeições diárias.
  • Beba líquidos e hidrate-se ao longo do dia.
  • Pare de beber líquidos 30 minutos antes de cada refeição.
  • Evite beliscar a toda hora. Caso você sinta essa necessidade, opte por alimentos nutritivos (legumes, frutas, proteína).
  • Tome suas vitaminas diariamente.
  • Coma sempre primeiro a sua proteína (pelo menos 60g por dia).
  • Tome um suplemento a base de proteína.
  • Exercite-se e incorpore mais atividades na sua rotina diária. Faça disso um hábito.
  • Evite refrigerantes e bebidas gasosas.
  • Evite consumir bebida alcoólica.
  • Prepare-se para os dias ruins. Reflita sobre como você irá lidar com as situações difíceis sem recorrer a comida.
  • Busque ajuda e força em um grupo e tenha amigos para te apoiar.

 

DICAS E REGRAS GERAIS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL APÓS A CIRURGIA BARIÁTRICA SLEEVE

1Escolha alimentos que sejam nutritivos. Frutas, legumes, peixe, carne ou frango, por exemplo, contém nutrientes importantes como vitaminas, minerais e proteínas, então você deve optar por esses alimentos nas suas refeições.

2Não beba suas calorias. Isso significa que se você consumir líquidos calóricos e cheios de açúcar, você provavelmente não se sentirá cheia(o), mas isso irá afetar sua perda de peso.

3Você irá sentir uma avalanche de emoções, isso é normal. Porém, mantenha-se sempre atenta(o), mude sua relação com a comida e não use ela como fuga ou conforto.

4Planeje suas refeições, principalmente quando for comer fora de casa. Uma boa ideia é pedir em restaurantes pratos infantis ou meia porção. Em alguns estabelecimentos é possível conseguir desconto ao dizer que você fez bariátrica e apresentar sua carteirinha.

5A água deve ser sua melhor amiga. Você pode sentir um pouco de dificuldade em consumir 2 litros de água diariamente, então seja criativa(o). Tentar diferentes temperaturas pode ser a chave, beba água morna, natural ou extremamente gelada e veja qual o seu corpo aceita melhor. Carregue sempre com você uma garrafa para onde você for e beba ao longo do dia.

6Preferencialmente beba líquidos 30 minutos antes ou depois das refeições. O consumo de líquidos junto a comida faz com que seu estômago esvazie mais rapidamente e por consequência você sentirá fome pouco tempo depois.

7Aprenda a diferenciar a fome e a vontade de comer desde o começo. Isso irá te ajudar a garantir seu sucesso a longo prazo após a cirurgia.

8Faça suas refeições com calma e longe de distrações como televisão e celular.

9Mastigue muito bem os alimentos (pelo menos 20 vezes cada garfada). Suas refeições devem demorar em média entre 30 a 40 minutos, assim você conseguirá mastigar muito bem os alimentos e engolir calmamente, evitando entalos, gases e desconfortos.

10Use pratos e talheres menores, como os de sobremesa. Isso irá te ajudar a controlar suas porções e visualmente isso ajuda a passar a mensagem correta para a sua cabeça. O prato ficará cheio e você não se sentirá comendo tão pouco.

11Evite ao máximo comer fast food (lanches, pizzas, etc). Além dos alimentos oferecidos nesses locais serem cheios de gordura e calorias, você provavelmente irá ter algum tipo de desconforto com esses alimentos, como dores no estômago, gases ou diarreia.

12Cozinhe sua própria comida, assim você saberá exatamente o que tem nela.

13Adie o consumo de álcool pelo maior tempo possível apos a cirurgia bariátrica (no mínimo por 6 meses). Dê tempo para o seu corpo se recuperar e se adaptar. Além disso, o seu corpo irá processar a bebida alcoólica de forma diferente, então você precisa ficar bem esperta(o) e ligada(o) com isso. Você provavelmente irá ficar alterada(o) muito mais rápido e pode ficar bêbada(o) com maior facilidade.

14Movimente-se o máximo que você puder. Busque atividades que te darão prazer, como caminhas, nadar, dançar, fazer yoga ou pilates. Quanto mais exercícios você fizer, mais músculos você terá e por consequência, mais disposição e menos flacidez. São muitos benefícios para deixar isso de lado.

15Converse com sua equipe médica sobre vitaminas e suplementos para que decidam juntos quais você deverá tomar, as melhores marcas e como devem ser tomadas. Elas evitam que você sinta fraqueza, tenha complicações mais sérias e ajuda até com os sentimentos depressivos.

16Os anti-inflamatórios não-esteroides (abreviadamente, AINEs ou NSAIDs, do inglês Non-steroidal anti-inflammatory drugs) são um grupo variado de fármacos que têm em comum a capacidade de controlar a inflamação, reduzir a dor e de combater a febre. Apesar disso, você deve evitar consumi-los, pois eles reduzem a proteção natural do seu estômago. Por exemplo, medicamentos contendo: ibuprofeno, aspirina, naproxeno.

 

UTENSÍLIOS PARA PREPARAÇÃO DOS ALIMENTOS

Existem alguns itens que podem te ajudar muito a manter uma alimentação mais saudável após a cirurgia.
Eles não são obrigatórios, mas são certamente facilitadores.
Então, minha sugestão é que você tenha um ou mais desses itens na sua cozinha.

  • Processador de alimentos ou mixer
  • Liquidificador
  • Panela de pressão
  • Panela a vapor
  • Air fryer (fritadeira sem óleo)
  • Coador de pano
  • Peneira
  • Copos de medida
  • Colheres de medida
  • Potes próprios para microondas e freezer
  • Sacos próprios para microondas e freezer
  • Copinhos pequenos como os de café
  • Balança para cozinha
  • Papel antiaderente para usar no forno e fogão